Como diminuir a inadimplência na sua empresa? - Ceará Certificação

7

jun

Como diminuir a inadimplência na sua empresa?

No universo empresarial, um dos principais objetivos é aumentar as vendas para se destacar no mercado. Porém, a inadimplência pode impactar negativamente a saúde financeira e o desenvolvimento das empresas.

A inadimplência em empresas é um dos maiores desafios de empreendedores, demandando mais atenção para evitar riscos na lucratividade e possíveis dores de cabeça no gerenciamento de processos.

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismos (CNC), a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) indicou que 66,3% dos consumidores estão com dívidas no Brasil, e o número de endividamento voltou a subir em dezembro de 2020.

Para manter o funcionamento da sua organização, mesmo em períodos de crise, é importante reduzir a inadimplência. Ao longo deste artigo, você vai descobrir como fazer isso e obter mais sucesso em seu negócio. Siga conosco!

O que é inadimplência?

Antes de conferir as dicas para diminuir as possibilidades de lidar com esse problema, é importante entender o significado de inadimplência. Em geral, esse termo se refere ao ato de não pagar na data de vencimento: ao efetuar pagamentos após o prazo estabelecido, o cliente se encontra em uma situação de inadimplente. 

Caso a inadimplência aconteça com frequência em sua empresa, tanto a organização das demandas quanto a saúde financeira podem ser prejudicadas a longo prazo.

Como reduzir a inadimplência em sua empresa?

De acordo com dados do Banco Central, a faixa de 5% é considerada aceitável para a taxa de inadimplência na empresa. Porém, esse valor serve apenas como uma referência, visto que o segmento das organizações também pode influenciar nesse fator.

Apesar de a inadimplência ser uma situação comum no Brasil, as empresas podem adotar algumas práticas para reduzir a inadimplência com mais praticidade e eficácia. Confira, a seguir, as principais dicas que reunimos para ajudar você.

Organize o cenário financeiro da sua empresa

Além de avaliar o histórico de vendas e pagamentos, é interessante também segmentar os clientes inadimplentes para pesquisar mais sobre eles. Hoje é possível fazer essa pesquisa, de forma rápida e segura, por meio do SPC e Serasa.

Ao consultar o CPF ou CNPJ de seus clientes, você consegue saber se a pessoa está em conformidade com as declarações para a Receita Federal e fazer uma análise de crédito, a fim de verificar se o cliente vai poder fazer o pagamento em breve.

Monitore os números de resultados e processos

Você sabe como está o controle financeiro de sua empresa? Uma das principais formas de reduzir a inadimplência é acompanhando os números gerados pelo seu negócio.

Após saber mais informações sobre os seus clientes e fazer o devido acompanhamento com a sua equipe, analisando relatórios e métricas relevantes, é possível identificar falhas e pontos a serem melhorados para reduzir os consumidores inadimplentes na empresa.

Ofereça benefícios aos clientes que estão com os pagamentos em dia

Se você já gostou de consumir em empresas que dão descontos para quem paga à vista ou pontos de fidelidade a quem não fica inadimplente, vale também oferecer essas e outras vantagens em seu negócio.

Ao oferecer incentivos mais atraentes ao público, a sua empresa ganha mais chances de reduzir a inadimplência, influenciando os consumidores a serem bons pagadores. Algumas dicas para fazer isso, são:

  • descontos progressivos para pagamento à vista;
  • brindes exclusivos;
  • cartão fidelidade para trocar por benefícios;
  • produtos ou serviços limitados;
  • boleto com desconto para pagamentos antecipados;
  • bônus para a próxima compra.

Ofereça uma maior diversidade de canais de venda e formas de pagamento

A sua empresa conta com mais de um canal de venda? Isso pode ajudar você a ter mais eficácia com as cobranças de pagamentos, visto que facilita a comunicação com os seus clientes.

Além disso, oferecer outras formas de pagamento, além da possibilidade de ser à vista, é ótimo para que os consumidores tenham mais de uma alternativa de deixar as contas em dia, aumentando as vantagens para eles e a sua organização. 

Formalize as suas vendas

Se a sua empresa tem um CNPJ, é necessário emitir notas fiscais nas vendas efetuadas, a fim de formalizá-las e evitar riscos de inadimplência. Ao cumprir essas exigências, a sua organização fica amparada pela lei para ter mais segurança e resolver questões judiciais de forma mais eficaz.

Permita a realização de negociações

Saber como negociar com os clientes é uma forma de facilitar a quitação da dívida existente, oferecendo novas possibilidades de pagamentos, como descontos ou parcelamentos maiores.

Fazer isso também ajuda a melhorar o relacionamento com os consumidores, aumentando as chances de atração e retenção em sua marca: ao confiar e ter segurança em uma empresa, a sua imagem pode ser melhorada no mercado, captando mais clientes em potencial.

Tenha uma comunicação transparente e empática

Conversar com os clientes e oferecer bons canais de comunicação para fazer isso são ótimas formas de manter a cordialidade e o respeito com o seu público, além de aumentar a possibilidade de fazer bons acordos.

Por mais que a inadimplência seja um risco de impacto negativo ao funcionamento de sua empresa, é importante prezar pelo bom atendimento aos clientes, oferecendo formas viáveis e eficazes de regularizar a sua situação.

Invista em treinamentos para a sua equipe

Quanto mais capacitados forem os seus colaboradores, melhor será o serviço de cobrança e atendimento aos clientes, atendendo às normas do Código de Defesa do Consumidor. 

Então é indicado sempre investir em treinamentos para o time e fazer uma pesquisa de satisfação com o público para saber como melhorar a comunicação e as propostas oferecidas aos clientes.

Conte com a ajuda de um sistema de automação

Ao ter a contribuição da tecnologia, investindo em um sistema de gestão, a sua empresa pode vender com mais segurança e diminuir a cobrança de valores em atraso. Por meio de um time capacitado e um software de automação, é possível obter diversos benefícios, como:

  • entender a situação dos clientes;
  • fazer cobranças mais assertivas;
  • realizar um bom atendimento;
  • acompanhar os processos;
  • implementar estratégias mais eficazes;
  • oferecer as soluções ideais.

Além de todas essas vantagens, o seu negócio ainda pode também reduzir a inadimplência e melhorar o controle de suas finanças. Gostou das nossas dicas? Esperamos que este conteúdo tenha ajudado você!

Confira como fazer a automação de processos no setor financeiro da sua empresa. Até mais!

×  Como podemos te ajudar?