O que é capital de giro e como calcular? - Ceará Certificação

16

jun

O que é capital de giro e como calcular?

Manter o funcionamento de uma empresa tem tudo a ver com garantir mais segurança financeira em seu negócio: aprender a calcular o capital de giro pode ajudar você a ter uma administração eficiente.

Se você já se perguntou como é possível manter a saúde financeira e um desenvolvimento sustentável para a sua empresa, mesmo quando há diversos obstáculos no segmento em que atua, no mercado e na economia, é hora de entender mais sobre o capital de giro.

Também conhecido como ativo circulante, o capital de giro é basicamente o resultado entre o dinheiro que a sua organização tem e o dinheiro que ela deve. Ao investir nesse recurso, você pode transformar positivamente os processos do seu negócio.

Para saber mais sobre o que é capital de giro e como calculá-lo, que todo empreendedor deve atentar para evitar possíveis problemas, é só prosseguir na leitura deste artigo conosco. Vamos lá!

O que é capital de giro?

A falta de capital para investimentos e a necessidade de fazer empréstimos bancários são alguns dos principais sinais que uma empresa apresenta quando há a ausência de controle e alinhamento financeiro. 

O capital de giro é a quantidade de dinheiro que uma organização necessita para continuar em pleno funcionamento: esse recurso pode estar presente no estoque, no fluxo de caixa, na conta corrente ou nas contas a receber da empresa.

Assim, como o próprio termo sugere, capital de giro é o que pode fazer uma empresa girar, executando suas atividades ao longo da rotina e se desenvolvendo no mercado sem comprometer o orçamento.

Como o capital de giro pode influenciar no desenvolvimento da sua empresa?

Durante a pandemia de COVID-19, até o final de junho de 2020, 84% dos pequenos negócios declararam queda no faturamento. A crise econômica afetou empresas de diversos portes e segmentos, gerando o encerramento de alguns devido às dificuldades financeiras de manter o funcionamento.

Ao entender que a administração financeira de uma empresa é um ponto crucial para evitar a falência e possíveis problemas em seus processos, é possível perceber a importância do capital de giro, que está diretamente ligado à saúde financeira de uma organização.

Alguns dos principais benefícios de saber calcular o capital de giro e descobrir como mantê-lo sempre em alta na sua empresa, são:

  • aumento do controle financeiro;
  • recursos de financiamento aos clientes;
  • mais segurança com o pagamento aos fornecedores;
  • manutenção e boa administração dos estoques;
  • pagamento de contas em dia;
  • redução de multas e problemas fiscais;
  • aumento da credibilidade no mercado;
  • identificação antecipada de riscos;
  • avaliação da rentabilidade.

Por meio do conhecimento de como o capital pode contribuir para uma empresa mais saudável e sustentável, é possível ampliar as oportunidades de fechar bons negócios, ganhar força perante à concorrência e ter a capacidade de lidar com imprevistos de forma mais segura e eficaz.

Qual é a fórmula do capital de giro?

Agora que você já está ciente sobre as vantagens de calcular o capital de giro para manter o controle financeiro de sua empresa, é necessário saber qual é a fórmula de cálculo dele.

Para calcular o capital de giro, o primeiro passo é identificar os passivos circulantes e os ativos circulantes da sua empresa. Os passivos circulantes são as obrigações, como as contas a pagar e os empréstimos, enquanto os ativos circulantes representam os recursos que geram receita, entre eles as contas a receber e o caixa, por exemplo.

Depois de identificar esses números, é hora de partir para o cálculo da fórmula: capital de giro = ativo circulante – passivo circulante. Ao subtrair os ativos circulantes pelos passivos circulantes, é possível identificar o valor correto do seu capital de giro.

Como garantir um melhor controle do capital de giro?

Para melhorar os resultados financeiros da sua empresa e garantir um bom controle de capital de giro, é fundamental seguir algumas práticas. Reunimos as principais delas neste post. Confira a seguir!

Faça um acompanhamento constante nas entradas e saídas

Ter um controle maior sobre os gastos da sua empresa é extremamente útil para identificar custos que podem ser reduzidos ou até eliminados, melhorando a administração do capital de giro e mantendo a saúde financeira em dia.

Conte com ferramentas tecnológicas

Fazer um bom controle financeiro, tendo o devido cuidado para evitar despesas acima do orçamento e possíveis problemas, é algo que demanda tempo e muita atenção, mas um sistema de gestão pode facilitar esse processo em sua organização.

Negocie pagamentos

É possível antecipar pagamentos e garantir melhores condições, então vale buscar instituições financeiras e especialistas em contabilidade para ajudar o seu negócio a economizar mais e reduzir as dívidas.

Evite pedir empréstimos

O capital de giro precisa ser controlado, então antes de aumentar o nível de endividamento da sua empresa, é recomendável analisar se é realmente necessário recorrer a recursos adicionais, como empréstimos bancários, que normalmente cobram altas taxas de juros.

Para evitar o aumento de dívidas, você pode seguir algumas dicas, entre elas:

  • negociar condições de pagamento a longo prazo;
  • analisar a situação dos clientes que estão inadimplentes;
  • investir em um software de automação para otimizar o controle financeiro;
  • estabelecer processos padronizados;
  • fazer um monitoramento constante do fluxo de caixa e do estoque;
  • pesquisar as menores taxas de juros do mercado;
  • corrigir procedimentos de compra e venda;
  • analisar as atuais necessidades da empresa e alinhar os objetivos;
  • conversar com a sua equipe e fazer planejamentos antecipados.

E aí, já sabe o que fazer para ter mais controle sobre o capital de giro da sua empresa? Esperamos que este post tenha ajudado você a entender mais sobre a importância de calculá-lo para acompanhar as finanças do seu negócio, gerando competitividade e evitando dores de cabeça no futuro.

Ao analisar os relatórios com dados e métricas relevantes para entender a situação financeira de sua empresa, é mais fácil identificar possíveis falhas e adotar medidas de correção para melhorar o capital de giro, ter mais saúde financeira e expandir as chances de obter sucesso com as suas estratégias.

Para saber mais sobre esse assunto e melhorar o seu controle financeiro, confira como o cálculo de capital de giro pode ajudar você a tomar as melhores decisões em sua organização. Até a próxima!

×  Como podemos te ajudar?